1. E a cada derrota, levantar pra recomeçar.
    A minha resposta vai chegar numa música.
    São milhões de almas a cantar em uma só voz.
    E, ao final de tudo, você vai ouvir falar de nós.
    — Fresno

    (Fonte: o-cantor)

     
  2. Nem todo o mal desse mundo vai me enfraquecer.
    — Fresno

    (Fonte: o-cantor)

     
  3. Who will tell the story of your life?
    And who will remember your last goodbye?
    ‘Cause it’s the end and I’m not afraid.
    I’m not afraid to die.
    — Black Veil Brides

    (Fonte: o-cantor)

     
  4. And I have fought and with flesh and blood I commanded an army. Through it all I have given my heart for a moment of glory.
    — Black Veil Brides

    (Fonte: o-cantor)

     
  5. In the end,
    As we fade into the night,
    Who will tell the story of your life?
    — Black Veil Brides

    (Fonte: o-cantor)

     
  6. Ada, don’t talk about reasons why you don’t want to talk about reasons why you don’t wanna talk.
    — The National

    (Fonte: o-cantor)

     
  7. Eu só aceito a condição de ter você só pra mim. Eu sei, não é assim, mas deixa eu fingir… e rir.
    — Los Hermanos

    (Fonte: o-cantor)

     
  8. Quem é mais sentimental que eu?
    — Los Hermanos

    (Fonte: o-cantor)

     
  9. Você me avisar, me ensinar, falar do que foi pra você não vai me livrar de viver.
    — Los Hermanos

    (Fonte: o-cantor)

     
  10. Your eyes they fall before us.
    Your sighs are all around,
    Inside the walls have fallen
    And now, you’re all alone.
    — Young the Giant

    (Fonte: o-cantor)

     
  11. I can follow you.
    Your heart beats just like I wanted it to.
    And you want it to.
    — Young the Giant

    (Fonte: o-cantor)

     
  12. Do you remember the sound of snow?
    — Young the Giant

    (Fonte: o-cantor)

     
  13. Então você é o novo povo brasileiro que vende e faz compras no estrangeiro. Nossos índios em algumas poucas memórias, os de fora nos livros das nossas escolas.

    Futebol e cerveja é mesmo fantástico. Ta na Folha, no Povo, no Eclesiástico. Utopia pra você, radio e tv para tia. Nossos heróis de verdade morreram por covardia.

    Porque eu sou brasileiro!
    Meu ano só começa quando passa fevereiro.
    Pobre, rico ou classe média, levante a mão quem já sentiu puxar a sua rédea.

    Nas prisões eles traçam planos de fuga enquanto suas esposas puxam as rugas. De filhos a herdeiros, sanguessugas, a nação que corre com passos de tartaruga.

    Desculpe se a letra está ficando difícil é que eu nunca treinei para fazer comício. Nasci e me criei em Fortaleza, não tenho e nem faço questão da vossa nobreza.

    Porque eu sou brasileiro!
    Meu ano só começa quando passa fevereiro.
    Pobre, rico ou classe média, levante a mão de quem já sentiu puxar a sua rédea.

    O Brasil é medroso.
    Você também é.
    Música não pra cabeça, mas feita pro pé.
    Já que é assim, então segura mais essa: 17 milhões vivem nessa miséria.

    Mas você não precisa se importar tanto com isso. Quando esse tapa se for, terminado está o serviço. Pode crer, bote fé, tudo vai voltar ao normal, não era isso que você queria ouvir afinal?

    Porque eu sou brasileiro!
    Meu ano só começa quando passa fevereiro.
    Pobre ou rico ou classe média, levante a mão de quem já sentiu puxar a sua rédea.

    — Selvagens à Procura de Lei

    (Fonte: o-cantor)

     
  14. Pessoal

    Não tenho postado tantos trechos porque requer um pouco de “trabalho” e eu ando meio sem tempo por culpa da faculdade. Mas sigam meu tumblr de fotos, sorry-blog, que lá eu posto bastante, por usar no celular e tal. Sigo todos de volta, por lá e também respondo as asks.

    Em breve voltarei a postar regularmente aqui.

    Beijos beijos.

    Leonardo Senna

     
  15. Quando você não esperar vai doer e eu sei como vai doer e vai passar como passou por mim e fazer com que se sinta assim, como eu sinto, como eu vejo, como eu vivo, como eu não canso de tentar. Eu sei que vai ouvir, eu sei que vai lembrar, vai rezar pra esquecer, vai pedir pra esquecer, mas eu não vou deixar! Eu não vou deixar!!!
    — Fresno

    (Fonte: o-cantor)